GOVERNO DE SP COLOCA FRANCA E MAIS 22 CIDADES DA REGIÃO NA FASE LARANJA

As regiões de Ribeirão Preto (SP) e Franca (SP) foram rebaixadas à fase laranja do Plano São Paulo e a de Barretos (SP) continuou na amarela, segundo informou o governador João Doria (PSDB) em coletiva de imprensa na tarde desta sexta-feira (15).

As regressões ocorrem após a piora dos índices no estado, em razão das aglomerações registradas no fim de 2020, de acordo com o secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyen. Antes, a reclassificação do plano estava prevista para acontecer no dia 5 de fevereiro.

De acordo com o governador João Doria (PSDB), os prefeitos que não respeitarem as regras serão acionados pelo Ministério Público e poderão responder judicialmente.  Piora na ocupação de leitos Segundo boletim da Fundação Seade, usado pelo estado como parâmetro de análise do Plano São Paulo, as cidades da Diretoria Regional de Saúde 13, com sede em Ribeirão Preto, estão com ocupação de 70,9% em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Na semana passada era 57,2%. O secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, informou que a região de Ribeirão Preto receberá 33 respiradores nos próximos dias para ampliação de vagas. Na região de Franca, onde está a Diretoria Regional de Saúde 8, a ocupação nas UTIs está em 70,2%.

Na atualização da semana passada, o índice estava em 49,9%. A região de Barretos, que pertence à Diretoria Regional de Saúde 5, também aumentou a ocupação nas UTIs, mas ainda manteve-se na fase amarela porque o índice não passou dos 70%.

Na semana passada, 47,4% das vagas estavam preenchidas. Agora, são 55,8. Na fase laranja, lojas podem funcionar 8 horas por dia, com 40% da capacidade

Índices por critério do Plano SP Veja abaixo a evolução dos índices analisados pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19 do Estado de São Paulo, com base nos dados de 7 de janeiro e 14 de janeiro.

Ribeirão Preto   ocupação de leitos de UTI:

passou de 57,2 (verde) para 70,9 (laranja) número de leitos para cada 100 mil habitantes: passou de 11,8 (verde) para 13,4 (verde) número de novos casos por 100 mil habitantes: passou de 181,4 (amarelo) para 251,7 (amarelo) número de novas internações por 100 mil habitantes: passou de 36,7 (amarelo) para 47 (amarelo) número de novos óbitos por 100 mil habitantes: passou de 3,6 (amarelo) para 4,5 (amarelo)

Franca  ocupação de leitos de UTI:

passou de 49,9 (verde) para 70,2 (laranja) número de novos casos por 100 mil habitantes: passou de 182,7 (amarelo) para 292,2 (amarelo) número de leitos para cada 100 mil habitantes: se manteve em 12,5 (verde) número de novas internações por 100 mil habitantes: passou de 23,4 (verde) para 34,6 (amarelo) número de novos óbitos por 100 mil habitantes: passou de 2,6 (verde) para 2,4 (verde)

Barretos  

ocupação de leitos de UTI: passou de 47,4 (verde) para 55,8 (verde) número de novas internações por 100 mil habitantes: passou de 46,8 (amarelo) para 51,5 (amarelo) número de leitos para cada 100 mil habitantes: se manteve em 21,7 (verde) número de novos casos por 100 mil habitantes: passou de 174,1 9 (verde) para 305,1 (amarelo) número de novos óbitos por 100 mil habitantes: passou de 0,9 (verde) para 2,8 (verde)

 Como fica a Fase Laranja

Na semana passada, o estado alterou o regramento da fase laranja. Com a mudança, apenas os bares permanecem fechados aos clientes. Setores que antes eram proibidos, como salões de beleza, academias e parques, agora podem funcionar.   Todos os setores de comércio e serviços passam a ser permitidos.

A exceção é o atendimento presencial em bares, que continua proibido. Capacidade de ocupação: antes era de 20% e vai para 40% em todos os setores. Funcionamento máximo: ampliado de 4 para 8 horas por dia. Horário de fechamento: atendimento presencial só poderá ser feito até 20h.

Parques estaduais, salões de beleza e academias: poderão abrir.  Como fica a fase amarela    Capacidade máxima limitada a 40% de ocupação para todos os setores.

Até o final do ano passado, o percentual variava por setor. Atendimento presencial ao público pode ser feito até as 22h, em todos os setores, exceto no setor de bares, que pode funcionar até as 20h. Horário de funcionamento limitado a 12 horas por dia para todos os setores, exceto restaurantes, que devem respeitar o limite de 10 horas.

Cidades da região por Diretoria Regional de Saúde   Ribeirão Preto (DRS 13)

Altinópolis Barrinha Batatais Brodowski Cajuru Cássia dos Coqueiros Cravinhos Dumont Guariba Guatapará Jaboticabal Jardinópolis Luis Antônio Monte Alto Pitangueiras Pontal Pradópolis Ribeirão Preto Santa Cruz da Esperança Santa Rosa de Viterbo Santo Antônio da Alegria São Simão Serra Azul Serrana Sertãozinho

Franca (DRS 8)    

Aramina Buritizal Cristais Paulista Franca Guará Igarapava Ipuã Itirapuã Ituverava Jeriquara Miguelópolis Morro Agudo Nuporanga Orlândia Patrocínio Paulista Pedregulho Restinga Ribeirão Corrente Rifaina Sales Oliveira São Joaquim da Barra São José da Bela Vista   Barretos (DRS 5)   Barretos Bebedouro Colina Colômbia Guaíra Jaborandi Monte Azul Paulista Taiaçu Taiúva Taquaral Terra Roxa Viradouro Vista Alegre do Alto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *