Calçados Beira Rio reinaugura fábrica em Mato Leitão podendo gerar até 1,5 mil empregos

Fechada há mais um ano, desde que pegou fogo em março de 2020, a Calçados Beira Rio, que completará 46 anos, reinaugurou a filial 6 da fábrica na manhã desta sexta-feira (9) no município de Mato Leitão. A cerimônia foi realizada em um dos pavilhões do espaço com presença de autoridades municipais, regionais e estaduais, como o chefe de gabinete da Casa Civil e ex-prefeito de Teutônia, Jonatan Brönstrup, o secretário de Desenvolvimento Econômico do RS, Edson Brum (MDB), e outros deputados gaúchos.

Presidente da Calçados Beira Rio, Roberto Argenta (Fotos: Gabriela Hautrive)

 

 

 

 

 

 

 

As obras de reconstrução da estrutura duraram cerca de seis meses. Conforme o prefeito de Mato Leitão, Carlos Alberto Bohn, a empresa representa 70% da arrecadação do município desde 2008. A unidade irá operar com uma capacidade de produção de 25 a 30 mil pares de sapatos diariamente, contando com produção local e terceirização do serviço.

Segundo o presidente da Calçados Beira Rio, Roberto Argenta, a expectativa é gerar 180 empregos diretos e 1,5 mil indiretos. “Vamos cortar, vai para os terceiros, volta montado, nós conferimos e vai para expedição e clientes. No auge poderemos ter até 1,5 mil funcionários contando esse serviço terceirizado”, explica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *