Araxa Esporte Clube volta a disputar terceira divisão em Minas

Araxá Esporte Clube realizou na tarde desta segunda-feira (7/6), a primeira coletiva de imprensa que marcou oficialmente o retorno das atividades da equipe ao futebol profissional. O clube voltará aos gramados após quase três anos de paralisação. A última participação foi em 2018, no Campeonato Mineiro da Segunda Divisão (terceirona), onde chegou até as semifinais, mas perdeu para a equipe do Coimbra nos pênaltis.

Caso a equipe não retornasse ao futebol profissional este ano, poderia perder a filiação na Federação Mineira de Futebol, isso porque os clubes não podem ficar mais de três anos sem atividade. O valor para uma nova filiação fica em torno de 600 mil reais, por isso a volta do Ganso estava programada desde 2020.

Para comandar os trabalhos, como diretor de futebol, foi anunciado o nome do ex-jogador e lateral direito Luiz Antônio de Oliveira, o Luizinho. Ele tem passagens por grandes clubes do futebol, como Cruzeiro, Flamengo e Santos, e por clubes do interior do Estado, entre eles Villa Nova (Nova Lima), Guarani (Divinópolis) e Ipatinga, onde encerrou sua carreira em 2017.
O Campeonato Mineiro da segunda divisão tem início previsto para 11 de setembro. O Araxá Esporte Clube está no grupo B ao lado de Uberaba Sport, Araguari, Sociedade Esportiva Patrocinense e Inter de Minas, de São José da Lapa. A competição reunirá 15 equipes até o dia 11 de dezembro.
A pré-temporada tem previsão de início até o dia 2 de agosto. Os treinos serão no Centro Esportivo de Tapira (CETAP), a cerca de 50 quilômetros de Araxá.
Para a terceirona, que tem característica de ser sub-23, apenas cinco jogadores podem ter idade superior. Por isso, segundo Luizinho, a intenção é contar com sete profissionais acima dessa idade, para que seja feito um rodízio dentro de campo.
“Para a temporada ainda não temos os nomes. Estamos primeiramente  estruturando a diretoria e parte da gestão. Dentro de uma semana vamos contratar o treinador. Nós temos alguns nomes que nos agradam no mercado, e com a chegada deles vamos começar a fazer a montagem do elenco.  Apenas cinco jogadores acima de 23 anos podem jogar. Por isso, a intenção é ter sete jogadores acima da idade para realizarmos este rodízio. Os mais experientes serão a espinha dorsal do elenco”, ponderou Luizinho.
Retorno após período conturbado
O impedimento do clube em participar dos Campeonatos Estaduais, se deu por causa de uma dívida de 219 mil reais que o time tinha com a Federação Mineira de Futebol. Para que houvesse a liberação do retorno, o novo patrocinador master do Clube, a Multimarcas Consórcios, realizou um abatimento de R$ 70 mil reais. O restante será dividido em parcelas de 7 mil reais mensais, até o término do débito.
“O clube fez uma negociação para estar apto a participar do campeonato. Por meio do novo patrocinador, nós conseguimos dar esta entrada. Então, o Araxá Esporte pagou parte e isso nos deixou aptos a participar do campeonato. A Federação aceitou essa negociação, e o clube assinou um documento para quitar essa dívida” explicou o secretário geral do conselho deliberativo, Adolfo Nascimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *