BASQUETENOTÍCIAS

BAURU DÁ O TROCO NO VASCO E LIDERA OITAVAS DO NBB

* Atual campeão nacional se recupera, faz 2 a 1 na série e deixa Cruz-Maltino pressionado *

Sem Alex e Renan, com Jaú machucado no primeiro quarto e vendo o Vasco melhor na primeira etapa. Tudo apontava para a vitória Cruz-Maltina no terceiro jogo e virada na série de oitavas de final do NBB. Só que na base da superação e da defesa no segundo tempo, o Dragão deu o troco e venceu por 83 a 79, em jogo disputado na tarde deste sábado, no ginásio Panela de Pressão, em Bauru.

Com 22 pontos, Hettsheimeir e Anthony foram os cestinhas da partida, anotando mais de metade dos pontos do Bauru. Pelo Vasco, Renato Carbonari fez 21 pontos e ainda apanhou oito rebotes na partida.

A vitória deixa o atual campeão com 2 a 1 no placar e chances de liquidar a série na quarta partida da série, colocando pressão no Vasco. O próximo encontro das equipes acontece na terça-feira, às 19h30, na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro.

Bauru começou com uma formação diferente, colocando Jaú no time titular no lugar de Renan. O jovem converteu o primeiro chute, abrindo o placar. Fúlvio empatou. Mas logo em seguida, um choque forte entre Jaú e Gustavo tirou o bauruense de boa parte do duelo, aumentando o drama das lesões na equipe paulista. A partida demorou a deslanchar, até que Anthony passou a tomar o protagonismo de um lado, enquanto o conjunto vascaíno funcionava bem do outro. No fim, vantagem mínima para os cariocas: 21 a 20.

No segundo período, o Vasco seguiu melhor, abrindo cinco pontos de diferença. Só que Isaac e Duda responderam na bola de 3, virando a partida e dando ânimo ao Bauru. Com um jogo envolvente e levando vantagem no 5 contra 5, o Cruz-Maltino voltou a abrir vantagem após assistência precisa de Fúlvio para Hayes. Gui Deodato ainda deu velocidade para a transição vascaína, deixando o clube carioca em vantagem maior no intervalo: 44 a 38.

Melhora e virada

Bauru foi o dono do jogo no começo do terceiro período. Com uma defesa forte (Vasco só pontuou pela primeira vez a 4 minutos do fim da parcial), o time paulista foi descontando a diferença e conseguiu a virada com uma corrida de 11 a 0, contando com Jaú jogando com a cabeça enfaixada. A partida passou a ficar acelerada, aumentando o número de erros das equipes, de passe ou mesmo de controle da bola. Após pedido de tempo, o Cruz-Maltino se acertou defensivamente, mas seguiu vendo o time paulista à frente: 57 a 53.

A decisão

Anthony acabou como cestinha do jog (Foto: Victor Lira / Sendi Bauru Basket)

O Vasco começou o último período sem o cestinha Renato Carbonari, que teve um problema na mão e saiu diretamente para os vestiários. O time que já não contou com Lucas Mariano na partida viu o Bauru permanecer na liderança sem a referência no garrafão. Mas na base da experiência da dupla Giovannoni e Fúlvio, os vascaínos voltaram para a disputa, baixando a diferença para apenas um ponto.

A virada veio nos lances livres de David Jackson. Só que mesmo desfalcado, com a rotação curta e jogadores em quadra por mais de 30 minutos, Bauru reagiu em duas jogadas incríveis. Primeiro na bandeja de Duda, depois em um chute muito longo de Hettsheimeir. À frente no placar, Bauru passou a administrar o relógio. Renato descontou, mas Hett voltou a garantir a manutenção da liderança nos lances livres.

Nos últimos 30 segundos, muito nervosismo em quadra. Anthony converteu dois arremessos livres, deixando em 82 a 77. Em linda jogada individual, Jackson girou e fez a bandeja. O Vasco partiu para as faltas, mas já era tarde, e o jogo acabou no arremesso de Gui Deodato batendo no aro. O Bauru se recupera e coloca pressão no Cruz-Maltino.

Os números

Veja os números finais da partid (Foto: Reprodução)
Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close