Após tentar visitar a mãe em SP, padre de Sacramento morre vítima da COVID-19

Carlos Alexandre de Souza, de 44 anos, padre da Arquidiocese de Uberaba morreu vítima da COVID-19 na noite dessa quarta-feira (10/3), por volta das 20h30, em um hospital de São Paulo (SP), onde a doença se manifestou depois que ele foi visitar a mãe, que é idosa.

Segundo informações da Arquidiocese de Uberaba, o padre Carlos Alexandre é o primeiro presbítero da Arquidiocese de Uberaba que morreu em decorrência da COVID-19. Por volta das 15h desta quinta-feira, o corpo do pároco chegou em sua cidade natal, Guararapes (SP), onde no final da tarde ocorre o sepultamento.

Ainda de acordo com a Arquidiocese de Uberaba, os padres são orientados a não viajar, a não ser em casos de urgência, sendo que, no caso do padre Carlos Alexandre, ele não teve contato com a mãe devido ao agravamento da doença.
Continua depois da publicidade

O padre atuava na Paróquia Basílica do Santíssimo Sacramento, na cidade de Sacramento (MG), município a cerca de 80 km de Uberaba, com 30 mil habitantes. 
Outro infectado pelo novo coronavírus que faz parte da Arquidiocese de Uberaba é o padre Selmo Donizetti Mazeto; ele, que é pároco da Paróquia Pessoal Nossa Senhora da Saúde de Uberaba, capela que fica dentro do Hospital São Domingos, está intubado na UTI do hospital.
Desde o início da pandemia, cinco padres da Arquiocese de Uberaba foram infectados pela doença, sendo que três se recuperaram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *