Basquete do Brasil ‘abraça’ campanha sobre desaparecimentos de crianças

Em maio de 2021, a Confederação Brasileira de Basketball (CBB) divulgará em suas mídias sociais, com apoio de jogadores das seleções masculina e feminina, imagens de crianças desaparecidas em todo o país. O projeto faz parte de uma parceria com o programa ‘SOS Crianças Desaparecidas’, da Fundação para Infância e Adolescência (FIA), e visa ajudar as famílias encontrarem seus entes queridos.
No Brasil, desaparecem, anualmente, cerca de 40 mil crianças, conforme dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Contudo, a falta de um cadastro nacional consolidado e da implementação de efetivas políticas públicas relegam os desaparecimentos a planos secundários, deixando famílias dilaceradas e interrompendo histórias e sonhos.

Para o presidente da CBB, Guy Peixoto Jr, a ideia da parceria é trazer o debate sobre os desaparecimentos à tona e sensibilizar a sociedade sobre o tema. “Queremos usar nosso alcance nas mídias e nossa rede de atletas para levar ao máximo de pessoas possíveis os rostinhos dessas crianças desaparecidas. Temos consciência do papel social do esporte e da CBB”, ressalta Peixoto Jr, que disponibilizará, no Twitter, Facebook e Instagram da CBB, fotos de crianças e contatos para denúncias ou informações que levem ao paradeiro dos desaparecidos.

Apontada como uma das melhores jogadoras do mundo e destaque da seleção brasileira, a pivô paulista Damiris Dantas, que, atualmente, defende o Minnesota Lynx, na Associação Nacional de Basquetebol Feminino dos Estados Unidos (WNBA), parabenizou o engajamento social da CBB e disse estar feliz em participar da ação em prol das crianças desaparecidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *