Batatais corre contra o tempo para regularizar Scatenão antes de estreia na Série A3

Com a estreia na Série A3 do Campeonato Paulista cada vez mais próxima, o Batatais corre contra o tempo para ter o estádio Oswaldo Scatena à disposição para a temporada de 2021. A casa do Fantasma está interditada desde setembro do ano passado, devido às más condições do gramado.

De acordo com o presidente Marcos Leandro, uma nova vistoria geral estava prevista para acontecer na última semana, mas ainda não seria concreta para a liberação do local. O dirigente também disse que especialistas acompanham todo o processo de recuperação do gramado.

– A Federação [Paulista de Futebol] vai fazer uma nova vistoria, porém ainda não é a definitiva para a liberação do gramado, eles vêm fazer uma vistoria geral. A recuperação do gramado está bem adiantada, estamos tendo o acompanhamento de dois engenheiros agrônomos e eles fazem duas visitas por semana. Na última vez, acharam que a recuperação estava caminhando bem, então esperamos que em 15 ou 20 dias o gramado já esteja totalmente recuperado – disse.

Entretanto, não é só no quesito gramado que o Scatenão precisa se regularizar. Segundo consta no site da FPF, o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) ainda não foi renovado e o laudo de prevenção e combate de incêndio expirou no fim de novembro de 2020.

Diretoria vê "luz no fim do túnel" quanto à possibilidade de atuar no Oswaldo Scatena na 2ª rodada da A3 — Foto: Reprodução EPTV

Diretoria vê “luz no fim do túnel” quanto à possibilidade de atuar no Oswaldo Scatena na 2ª rodada da A3 — Foto: Reprodução EPTV

Mesmo com todas as adversidades, a diretoria do Fantasma tem esperança de voltar a jogar em casa, apesar de ainda não poder contar com a presença do público, devido às restrições da pandemia do novo coronavírus.

A expectativa do presidente é de que o Batatais volte a atuar em sua cidade no dia 10 de março, às vésperas do aniversário do município, na segunda rodada do estadual, contra o Primavera.

– Acreditamos que já tenha recuperado [o gramado]. No começo do campeonato é sempre assim, mas a recuperação está indo bem e vamos conseguir começar o campeonato jogando aqui. Mas se não der também, a gente escolhe um estádio perto, mas a ideia é que joguemos aqui no dia 10 de março, contra o Primavera – encerrou Marcos Leandro.

Apesar de, segundo o dirigente, os problemas com o estádio acontecerem em todo início de temporada, a última vez que o Fantasma jogou em casa foi há 11 meses, no dia 14 de março.

Em setembro de 2020, a FPF interditou o Scatenão por más condições do gramado. O clube, que na época estava na 1ª fase da A3, teve de mandar suas partidas no estádio do América-SP, o Teixeirão, em São José do Rio Preto. Porém, a casa do Mecão também foi fechada, o que obrigou o Batatais a mandar suas partidas restantes em Sertãozinho.

A estreia do Fantasma na Série A3 acontece fora de casa, no dia 7 de março, contra o Desportivo Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *