Corte paulista atinge marca de 39,6 milhões de atos processuais produzidos desde o início do trabalho remoto

O Tribunal de Justiça de São Paulo atingiu, na última semana, a marca de 39,6 milhões de atos processuais desde o início da pandemia – entre sentenças, acórdãos, despachos e decisões. Iniciado em 16 de março de 2020, o sistema remoto de trabalho passou a vigorar na Corte paulista diante do surgimento da Covid-19. No dia 25 do mesmo mês, a nova dinâmica foi ampliada para todo o TJSP e, assim, magistrados e servidores vêm mantendo a prestação jurisdicional via webconnection. Até domingo (27), foram registradas 9,6 milhões de conexões realizadas, por 44.180 magistrados e servidores. O maior valor de acessos distintos em único dia foi alcançado em 26 de abril, com 33.652.
Conforme o Provimento CSM nº 2.618/21, até 18 de julho o Judiciário paulista opera em regime híbrido, com uma parcela de magistrados e servidores em trabalho presencial. A medida segue as diretrizes do Plano São Paulo e adota toda a segurança necessária contra a disseminação do novo coronavírus. O expediente presencial é das 13 às 19 horas e, para as equipes em teletrabalho, está mantida a jornada de oito horas, entre as 9 e 19 horas. Clique aqui para acessar todos os comunicados e provimentos relacionados ao funcionamento do TJSP durante a pandemia.
Confira a produção de 1º e 2º Graus (de 16/3/20 a 27/6/21):

1º grau:
  Despachos = 12.793.428
Decisões Interlocutórias = 19.672.463
Sentenças = 4.615.419

2º grau:
          Despachos = 1.218.799
Decisões monocráticas = 132.179
Acórdãos = 1.226.900

#TrabalhoRemotoTJSP
Além das atividades no sistema por webconnection, os servidores também trabalham na organização das agendas, pesquisas, entre outras tarefas.  O contato do público com o cartório é preferencialmente por e-mail (veja a lista de e-mails das unidades em www.tjsp.jus.br/e-mail). Também estão sendo realizadas audiências por videoconferência. O trabalho funciona em dias úteis, das 9 às 19 horas, e os plantões ordinários (aos finais de semana e feriados) também são remotos e recebem peticionamento eletrônico das 9 às 13 horas. Para prevenir a disseminação do novo coronavírus, o Tribunal de Justiça de São Paulo disponibiliza agendamento on-line de atendimentos presenciais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *