Covid: Prefeito de Franca comunica colapso na saúde

O prefeito de Franca, Alexandre Ferreira do MDB, fez um comunicado nesta quarta-feira, 12 de maio, sobre a situação do sistema público de saúde na cidade.

Em um vídeo compartilhado nas redes sociais, ele disse que o Pronto Socorro Álvaro Azzuz, pólo de atendimento exclusivo a pacientes com a Covid-19, chegou ao limite da capacidade.

Não há mais vagas para novos pacientes que necessitam de tratamentos nas alas de enfermarias e UTIs. “Dobramos a capacidade dos leitos de enfermarias e colocamos 8 leitos de UTIs no Álvaro Azzuz, transformando aquele local em exclusivo para Covid-19. No entanto, nossa capacidade se esgotou”, afirma Alexandre.

Ainda segundo ele, existem hoje no local quase 50 pacientes, aguardando autorização do Governo de São Paulo, para transparência para o hospital.”Esperamos que o Governo cumpra sua obrigação e abra mais leitos Covid em Franca e em toda a região”.

Ele termina o vídeo fazendo um apelo à população: ” A situação é grave. É importante que cada um faça sua parte ; Não é hora de festejar, é hora de se proteger”, finaliza.

Ministério Público

Nesta segunda-feira, 10 de maio, o Ministério Público de Franca, enviou um documento à Divisão Regional de Saúde 8, que compreende Franca e mais 22 municípios, recomendando a abertura de mais leitos.

O documento foi assinado por nove promotores de justiça e aponta a situação crítica em toda a região de Franca (Clique aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *