Criança de 8 anos morre de COVID-19 em Passos

A COVID-19 está fazendo vítimas cada vez mais jovens. Desta vez, foi uma criança. O menino Sérgio Henrique Ferreira, de 8 anos, é natural de Nova Resende, no Sul de Minas, e estava internado na Santa Casa de Misericórdia de Passos. Ele morreu nessa terça-feira (1°/06), vítima de complicações em decorrência do coronavírus.

A Santa Casa de Passos permanece com a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) com 100% de sua capacidade esgotada.

De acordo com o último boletim epidemiológico, divulgado na noite dessa terça, Passos conta 7.641 casos positivos de COVID-19 (3.481 homens e 4.160 mulheres), sendo 7.091 recuperados, 263 em recuperação, 62 hospitalizados e 225 mortes confirmadas desde o início da pandemia.

Na UPA (Unidade de Pronto Atendimento), 16 pacientes aguardavam por internação nessa terça.

Na Santa Casa, a taxa de ocupação na enfermaria para pacientes com COVID-19 está em 93% de sua capacidade. Dos 45 leitos de enfermaria,  41 estão ocupados por pacientes com tratamento da COVID-19 e um leito está interditado por motivos de isolamento de paciente suspeito para a doença.

Dos cinco leitos de UTI-Neonatal, um está ocupado por criança aguardando confirmação para COVID. A taxa de ocupação é de 20%.

Vacinas contra COVID-19 usadas no Brasil

  • Oxford/Astrazeneca
Produzida pelo grupo britânico AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford, a vacina recebeu registro definitivo para uso no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). No país ela é produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).
  • CoronaVac/Butantan
Em 17 de janeiro, a vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan no Brasil, recebeu a liberação de uso emergencial pela Anvisa.
  • Janssen
A Anvisa aprovou por unanimidade o uso emergencial no Brasil da vacina da Janssen, subsidiária da Johnson & Johnson, contra a COVID-19. Trata-se do único no mercado que garante a proteção em uma só dose, o que pode acelerar a imunização. A Santa Casa de Belo Horizonte participou dos testes na fase 3 da vacina da Janssen.
  • Pfizer
A vacina da Pfizer foi rejeitada pelo Ministério da Saúde em 2020 e ironizada pelo presidente Jair Bolsonaro, mas foi a primeira a receber autorização para uso amplo pela Anvisa, em 23/02.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *