Dia D de vacinação contra gripe e Covid-19 leva moradores a posto drive-thru em Pedregulho

Moradores de Pedregulho tiveram um bom motivo para sair de casa neste sábado (12) apesar da queda nas temperaturas. É que a prefeitura realizou um Dia D de vacinação não só contra a Covid-19, mas também contra a gripe. De dentro dos carros, eles puderam ser imunizados.

Desde o início da pandemia, Pedregulho registrou 950 casos de coronavírus e 22 mortes. Até sexta-feira (11), a cidade com cerca de 17 mil habitantes, de acordo com o Vacinômetro do governo do estado, 6.645 doses tinham sido aplicadas.

Para este sábado, o município recebeu 800 doses de imunizantes contra a Covid-19 destinadas a pessoas com comorbidades com idade a partir de 18 anos. Já para a vacinação contra o vírus Influenza, foram disponibilizadas 1,3 mil doses para moradores de qualquer idade.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Daniel Borges, a vacinação contra a Influenza não pode ser deixada de lado pela população, já que se trata de uma doença respiratória que além de ser grave, pode complicar o quadro de pacientes com Covid.

“A Influenza não pode ser deixada, ela precisa ser lembrada pois integra as doenças respiratórias. Nós montamos uma estrutura e nós temos um pessoal eficiente capaz de atender as duas demandas”, aponta.

A cidade vem adotando medidas que visam conter o avanço da Covid-19 por meio de estratégias que restrinjam a circulação de moradores e visitantes. No dia 1 de junho, barreiras sanitárias foram instaladas nas entradas no município.

Segundo Borges, a medida causou resultados positivos no enfrentamento à doença, diminuindo a taxa de transmissibilidade entre pessoas infectadas e, por consequência, diminuindo o número de casos. O município passou de 56 casos notificados para seis.

“A barreira sanitária e o isolamento foram uma experiência exitosa nos modelos que nós fizemos aqui em Pedregulho. Tínhamos uma incidência de contaminação de um paciente para cinco pacientes, hoje nós temos de um paciente para um paciente”, afirma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *