Falta de profissionais em hospital de Brodowski é alvo de ação ajuizada nesta quarta

Em ação ajuizada nesta quarta-feira (19/5), a Promotoria de Justiça de Brodowski pede que o município e o Instituto Innovare – Gestão em Saúde sejam obrigados, por força de liminar, a sanar irregularidades relativas à falta de recursos humanos, a insumos e medicamentos na Unidade Mista Hospitalar (UMH) Doutor Faustino de Castro. O objetivo é garantir prestação adequada, contínua e ininterrupta dos serviços de saúde no local, único em Brodowski a oferecer atendimento em especialidades como pronto socorro e Polo Covid-19.

O pedido apresentado pelo promotor Leonardo Bellini de Castro envolve a disponibilização de ao menos dois médicos para o Pronto Atendimento e mais dois para o Polo Covid-19, além de enfermeiro, técnico em enfermagem e fisioterapeuta. Na visão do membro do MPSP, o município e o Instituto Innovare, contratado pelo Executivo pelo valor de R$ 4.265.948 para prestar serviços na UMH, devem ainda redirecionar o fluxo de atendimento dos casos leves de covid-19 à unidade básica de saúde, deixando a UMH para atendimento apenas para os casos graves e urgentes; adquirir os insumos e medicamentos para tratamento da covid-19; e adotar as providências necessárias para que os exames de Swab sejam realizados em prazo de até dois dias.MPSP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *