Filiação de Rodrigo Garcia ao PSDB estremece relação entre ACM Neto e Dória

A mudança de legenda do vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, do DEM para o PSDB implodiu a relação do governador do estado, João Dória, com o presidente nacional do Democratas e ex-prefeito de Salvador, ACM Neto.

Com a intenção de suceder Dória no governo de São Paulo em 2022, já que o cacique tucano deve concorrer à presidência da República, Garcia migrou para o partido, que possui maior no estado, o que desagradou os Democratas.

De acordo com informações da coluna Radar, da revista Veja, ACM Neto afirmou para aliados que topa dialogar sobre 2022 com outras lideranças do PSDB, como o governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite, mas não com Doria.

Anteriormente, o político baiano havia feito um aceno positivo para um possível apoio à candidatura do tucano ao Palácio do Planalto mas a tendência é que o partido teste nomes como o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *