Franca já registrou 56 casos de estupro em 2021

Os casos de violência contra a mulher são divididos pelos casos de constrangimentos e agressões, mas é justamente na violência maior, que são os estupros que estão os números que mais preocupam.

Em Franca, temos apenas uma Delegacia de Defesa da Mulher – DDM e percebemos que o trabalho da unidade sofre consequência da falta de policiais e melhor estrutura para apurar devidamente os casos, encaminhando-as para a Justiça para a punição dos autores.

Na Prefeitura, não temos nenhum programa que trate do problema de forma efetiva;

Falamos em punição porque não temos alternativa de analisar nenhum trabalho que exista por parte da Prefeitura na prevenção das mulheres contra este tipo de crime.

Então só resta lamentar os números que são apresentados pela própria SSP.

Neste ano de 2021, Franca já registrou um total de 56 estupros. São 22 casos de estupro e outros 34 que são igualmente tão graves: os estupros de vulneráveis que tem 34 casos em 2021. São crimes igualmente nojentos, que atingem crianças e adolescentes e, em alguns casos, pessoas que não tem sequer condições de análise ou defesa sobre o que está acontecendo.

Neste ano, os meses mais violentos destes casos de estupros foram abril, agosto e setembro.

A situação dos casos de estupros parece estar sem controle e a sociedade precisa discutir o que pode e deve fazer.

Só contar com o serviço da DDM é permitir que os crimes continuem ocorrendo sem nenhuma ação para que eles sejam combatidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *