Hemocentros de Ribeirão Preto e Franca têm estoque crítico de bolsas de sangue

Os Hemocentros de Ribeirão Preto e Franca estão com estoques críticos de bolsas de sangue. Em Ribeirão Preto (SP), as bolsas dos tipos sanguíneos A negativo e O negativo estão zeradas. Os estoques estiveram baixos durante todo o ano de 2020 por conta da pandemia, segundo agentes de captação, mas neste momento estão abaixo do limite.

Para atender à demanda de uma semana em Ribeirão Preto, por exemplo, são necessárias 20 bolsas de A negativo e 72 bolsas de O negativo.

“Estar em nível crítico significa que estamos abaixo do limite mínimo. Exemplificando: a gente precisa ter pelo menos 15 bolsas de O negativo no estoque em Franca. Nós não temos essas 15 bolsas hoje. Não tenho, por exemplo, nenhuma bolsa de B negativo no estoque”, explica a agente de captação do Hemocentro de Franca, Elaine Dias Gimenes.

Segundo ela, a pandemia também trouxe uma demanda que não existia em outros momentos. Pacientes de Covid-19 graves rotineiramente precisam de transfusões de sangue.

“Em dezembro cedemos cerca de 40 bolsas. Com a pandemia em alta novamente, estamos enviando mais. Não são todos os pacientes que precisam, mas em alguns casos existe essa necessidade”, comenta.

Hemocentro de Franca (SP). — Foto: Márcio Meireles/EPTV

Hemocentro de Franca (SP). — Foto: Márcio Meireles/EPTV

Elaine explica que a queda nas doações aconteceu no Brasil todo devido ao medo de se expor ao vírus. Os doadores diminuíram cerca de 30% desde o início da pandemia. Porém, a doação é totalmente segura e os centros de captação de doações seguem protocolos rigorosos de prevenção.

O Banco de Sangue de Ribeirão Preto, por exemplo, encerrou o ano com um déficit de 65% nas doações.

“Reconfiguramos todo o nosso espaço físico e a nossa maneira de trabalhar. Aferimos a temperatura na chegada, os assentos são espaçados, não tem aglomeração, você não fica em contato com muitas pessoas, não encosta em nenhuma maçaneta. Todos os espaços são abertos, para minimizar o risco de contrair a Covid-19”, ressalta.

Para doar para o Hemocentro de Ribeirão Preto, basta ir até o Posto de Coleta na Rua Quintino Bocaiúva, 470, ou até o Hemocentro que fica no campus da Usp. O funcionamento do Posto de Coleta é das 7h às 12h30 e do campus, das 7h às 16h30.

Pode também ser feito um agendamento pelo telefone 0800-979-6049 ou pelo assistente virtual “livia.bot” no site do Hemocentro.

Para doar em Franca (SP), os procedimentos de agendamento são os mesmos, já que o Hemocentro de Franca é um dos núcleos do de Ribeirão Preto. Ele fica na Avenida Dr. Hélio Palermo, 4181, no bairro Recanto do Itambé e fica aberto de segunda a sexta das 8h às 16h e aos sábados das 7h às 11h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *