Liga Nacional de Basquete planeja realizar a próxima edição do NBB já com público nas arquibancadas

A temporada 2021/2022 do Novo Basquete Brasil (NBB) ainda não começou, mas a Liga Nacional de Basquete (LNB) já colocou o seu time em quadra e iniciou os ajustes para a nova temporada da elite do basquete nacional. De acordo com o diretor-presidente do Basquete Unifacisa e vice-presidente de saúde da LNB, Diego Gadelha, o fã do esporte em todo o país pode ter uma ótima notícia já para o início da temporada regular, uma vez que a tabela da edição do certame está sendo montada pensando no retorno do público aos ginásios dos 16 clubes participantes.

Diego Gadelha é diretor presidente do Basquete Unifacisa e integrante do conselho de saúde da LNB — Foto: Divulgação / Unifacisa

Em entrevista ao programa Bate-Bola Campina, da Rádio CBN em Campina Grande, cidade sede do Basquete Unifacisa, o mandatário do Jacaré confirmou, entre outras pautas, que a LNB monitora a situação do andamento da vacinação contra a Covid-19 em todo o Brasil. A possibilidade de retorno dos torcedores às arquibancadas é real; no entanto, deverá acontecer com o seguimento de protocolos sanitários ainda a serem definidos pela entidade.

— A LNB trabalha com uma possibilidade real de já nesta temporada termos torcida nas arquibancadas dos ginásios. Eu sou diretor da área de saúde da LNB. Acompanho as questões dos protocolos sanitários por volta do mês de outubro, quando está prevista para começar a temporada. A nossa expectativa, claro, é muito positiva de que estejamos em uma condição melhor neste segundo semestre no tocante à pandemia para que possamos realizar não só jogos de basquete, mas eventos em geral, e a vida comece a voltar a uma normalidade, com cuidados, com protocolos, porém bem mais próximos à nossa antiga realidade. Já podemos perceber isso nos Estados Unidos e na Europa, com jogos de basquete, Fórmula 1, Eurocopa, já com público nos locais — avaliou.

Desde que conquistou a liga ouro, em 2018, o Basquete Unifacisa tem sido um verdadeiro sucesso em Campina Grande, no interior da Paraíba — Foto: Daniel Nery / Basquete Unifacisa

Registrando nos últimos sete dias uma média de 1,4 milhão de doses diárias de vacinas contra a Covid-19 aplicadas no território nacional, o Brasil chegou à marca de 36% da população total vacinada com, ao menos, uma dose do imunizante contra o novo coronavírus. O andamento do cronograma de vacinação e a esperada diminuição do número de infectados e mortes pela doença nos próximos meses serão o mote que pautarão o retorno do público aos jogos. Ainda segundo Diego, a Liga Nacional de Basquete está formulando uma tabela com partidas de ida e volta entre as equipes, não adotando para a próxima temporada, portanto, o sistema de bolhas realizado em 2020/2021.

— Claro que tudo dependerá de como estará a situação da vacinação, da redução do número de casos, que definirá se teremos eventos com capacidade total ou parcial, mas uma boa notícia é que a Liga já está fazendo a tabela de jogos pensando na tabela como era anteriormente, com jogos em casa e fora, sem o sistema de bolhas. Isso já é um indicativo de que, quando houver possibilidade de público, a NBB já estará preparada para receber o público, haja vista que a logística está sendo montada pensando nessa possibilidade de torcedores nas arquibancadas no fim do ano — pontuou.

Na final da temporada 2020/2021 do Novo Basquete Brasil, o Flamengo bateu o São Paulo por 3 a 0 na série Melhor de 5 e faturou mais um título — Foto: André Durão

Enquanto a bola não sobe nas quadras do NBB, as equipes já se movimentam para reforçar seus respectivos elencos visando o início da nova caminhada na 14ª edição do certame, que tem o Flamengo como atual campeão. A equipe carioca possui oito títulos do certame e é o principal destaque no atual cenário do basquete nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *