Mais de 1.300 cidades não têm vacinas para a segunda dose, diz pesquisa da CNM

De acordo com uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), mais de 1.300 cidades brasileiras estão sem doses das vacinas contra a Covid-19 para a aplicação como segunda dose. Treze capitais já anunciaram a paralisação parcial da vacinação por falta de doses.

A vacina Coronavac é a que está mais em falta. Produzido pelo Instituto Butantan, o imunizante depende da chegada do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), importado da China, para continuar sua produção.

Segundo ele, as cidades sempre conseguiram organizar as campanhas de imunização de forma eficiente quando havia imunizantes suficientes. “Os municípios sempre foram eficazes e eficientes quando há vacina. Quando nao há vacina fica essa questão de definição de grupos por idade para mitigar os efeitos [da falta]”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *