MOVIMENTO NAS ESTRADAS PEDAGIADAS CRESCE 11,2% EM AGOSTO

O movimento de veículos nas rodovias pedagiadas no país cresceu 11,2% em agosto, após a queda registrada por conta do isolamento social devido à pandemia de coronavírus, de acordo o Índice ABCR, desenvolvido pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) e pela Tendências Consultoria Integrada.

Ainda de acordo com o estudo, o aumento em agosto se comparado a julho é resultado verificado no movimento de veículos leves, que avançou 18,5%, enquanto o de pesados cresceu 1,8%.

Segundo a ABCR, se comparado a agosto de 2019, o fluxo agregado ainda caiu 10,6%, mas totalmente explicado pelo movimento de leves (-14,30%), já que o de pesados mostrou estabilidade. No ano, há queda no fluxo total de 17,8% (-22,3% de leves e -4,0% de pesados. Da mesma forma, em 12 meses, o recuo é de 10,60% no fluxo de veículos em estradas com pedágio (-13,6% de leves e -1,4% de pesados).

No Rio de Janeiro, o crescimento do movimento nas estradas em agosto frente ao mês imediatamente anterior foi de 13,1% (15,1% de leves e 4,3% de pesados. Mas houve recuo ante agosto de 2019, de 7,4%, puxado tanto por leves (-7,7%) quanto de pesados (-5,7%).

Já no estado do Paraná, o crescimento em agosto ante julho, com ajuste, foi de 16,6% (29,6% de leves e 0,8% de pesados). Em relação a igual de 2019, a queda foi de 6,2%, totalmente explicada pelos veículos leves (-11,9%), enquanto o fluxo de pesados subiu 1,7%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *