Pedágio na MG-050 tem reajuste de 6,25%

Desde a zero hora desta quinta-feira, dia 12, a tarifa do pedágio no Sistema MG-050/BR-265/BR-491 está mais cara. A média percentual de aumento, vigente até 12 de junho de 2022 e aplicado com base no Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA), é de 6,25%.

Após a suspensão por dois meses no reajuste das tarifas, a concessionária AB Nascentes das Gerais comunicou em junho, por meio de um acordo com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra), que o aumento foi adiado por conta dos efeitos da pandemia de covid-19 na economia, sobretudo em relação ao transporte de pessoas e de cargas , comunidades e municípios atendidos pelas rodovias.

Até as 23h59 de ontem ,nas seis praças de pedágio da MG-050, condutores de automóveis, caminhonetes e furgões de dois eixos pagavam R$6,40. Desde os primeiros minutos de hoje o preço passou para R$6,80. Os caminhões com reboque e caminhão-trator com semirreboque (seis eixos) têm a tarifa mais cara: R$40,80. Uma das poucas rodovias pedagiadas que pilotos de motocicleta, motoneta e bicicleta motor pagam pela taxa é a MG-050, cujo valor subiu de R$3,20 para R$3,40.

O Sistema MG-050 compreende o trecho de 371,40 quilômetros entre os municípios de Juatuba, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e São Sebastião do Paraíso, que faz divisa com o estado de São Paulo. São seis praças de pedágio, localizadas em Itaúna, São Sebastião do Oeste, Córrego Fundo, Piumhi, Passos e Pratápolis.

Os demais territórios mineiros por onde cruza a rodovia são Alpinópolis, Capitólio, Carmo do Cajuru, Divinópolis, Formiga, Fortaleza de Minas, Igaratinga, Itaú de Minas, Juatuba, Mateus Leme, Pains, Pedra do Indaiá, Pimenta, São Gonçalo do Pará, São João Batista do Glória e São Sebastião do Paraíso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *