Penitenciária de Franca volta a ter visitas presenciais

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) de São Paulo liberou, a partir desde final de semana, a visitação presencial de familiares em 11 unidades prisionais na região de Ribeirão Preto (SP). A atividade estava paralisada desde março devido às medidas de restrições contra o avanço da Covid-19.

Na região, há seis penitenciárias, quatro centros de detenção provisória (CDP) e um centro de progressão provisória (CPP).

Penitenciária

  • Franca
  • Guariba Feminina
  • Ribeirão Preto Feminina
  • Ribeirão Preto
  • Serra Azul I
  • Serra Azul II

CDP

  • Pontal
  • Ribeirão Preto
  • Serra Azul
  • Taiúva

CPP

  • Jardinópolis
Detento do CPP de Jardinópolis (SP) faz vídeo-chamada durante a pandemia de coronavírus — Foto: Secretaria de Administração Penitenciária/Divulgação

Protocolos

Segundo a SAP, neste final de semana, somente os pavilhões pares receberão visitantes. Cada encontro dura duas horas e há limite de uma pessoa por preso.

O contato físico não será permitido e as visitas íntimas seguem suspensas, de acordo com o protocolo aprovado pelo Centro de Contingência do Coronavírus.

O uso de máscara é obrigatório e haverá medição de temperatura e saturação de oxigênio antes da entrada das pessoas.

Bolsas, mochilas, sacolas, comida, itens de higiene e roupas seguem proibidos. Os itens devem ser enviados aos presos por correspondência.

Durante a pandemia, o contato entre detentos e familiares foi feito por troca de e-mails e encontros virtuais, realizados por videoconferência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *