São Paulo deve sofrer explosão de casos da variante Delta em setembro, mostra projeção

A cidade de São Paulo deve sofrer uma explosão de casos de Covid-19 a partir de setembro por causa do avanço da variante Delta. A previsão é de especialistas da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp), que compararam dados de outros países onde a mutação do coronavírus é dominante, mesmo com a vacinação já avançada.

O levantamento considerou o número de casos da doença por cem mil habitantes em Londres, Nova York e Israel, e concluiu que o tempo médio entre os primeiros registros e um aumento expressivo das contaminações foi de 80 dias. O sequenciamento genético feito no Rio de Janeiro aponta que a variante Delta já é predominante, com 60% das amostras analisadas. Estudos feitos em São Paulo mostram que o percentual da nova cepa é de cerca de 25% na Grande São Paulo, mas o laboratório, parceiro do Instituto Butantan no sequenciamento do vírus, já aponta que o valor vem crescendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *