Sul de Minas: 279 candidatos com patrimônio superior a R$ 300 mil receberam auxílio

Sul de Minas tem 279 mineiros candidatos às eleições municipais 2020 com patrimônio superior a R$ 300 mil e que receberam o auxílio emergencial ou residual durante a pandemia do novo coronavírus. Ao todo 254 vereadores, 15 vice-prefeitos e 10 candidatos que concorrem ao cargo de prefeito aparecem na lista do Tribunal de Contas da União (TCU).

O Tribunal de Contas da União apurou tanto quem recebeu o auxílio emergencial, como quem recebeu o auxílio residual. Na lista, todos os candidatos declararam à Justiça Eleitoral patrimônio superior a R$ 300 mil e chegaram a receber alguma parcela dos benefícios. De acordo com o TCU, as pessoas que receberam de forma indevida o auxílio vão precisar devolver o dinheiro aos cofres públicos.

No levantamento feito pelo TCU, 86 cidades sul mineiras aparecem na lista. Pouso Alegre lidera o ranking com 13 candidatos a vereador. O caso de Rita de Cássia Delfino Augusta, do Republicanos, chama a atenção. A mineira declarou possuir mais de R$1,5 milhão e segundo o TCU, ela recebeu o auxílio emergencial de R$ 600.

Na sequência vem São Sebastião do Paraíso com 7 candidatos à Câmara Municipal da cidade, além de Rafael Pereira de Souza, do PSL, que concorre ao cargo de prefeito. De acordo com o TCU, o agricultor, de 28 anos, declarou R$ 400 mil e teve o benefício residual de R$ 300.

Em Varginha também são 7 candidatos a vereador na lista, incluindo Marcelo Guimarães Barros, do PSC. De acordo com o TCU, o advogado soma mais de R$ 3 milhões declarados e conseguiu auxílio residual de R$ 300.

Em Cachoeira de Minas tem apenas 3 candidatos a vereador, mas o caso de Leonardo Gonçalves da Silva, do Solidariedade, merece destaque. O agricultou declara mais de R$ 125 milhões e teve direito ao auxílio residual de R$ 300.

Ijací com pouco mais de 6,5 mil habitantes tem quatro candidatos a prefeito na cidade. Dados do TCU mostram que dois aparecem na lista. O destaque está com Paulo Sérgio de Oliveira, do Republicanos, que tem patrimônio declarado de mais de R$ 1,8 milhão e também recebeu o auxílio residual de R$ 300. Ele é de Lavras e professor do ensino médio.

Natércia é outra cidade com menos de 10 mil habitantes e tem dois candidatos a vice-prefeito, que foram beneficiados. Geraldo Moacir de Siqueira é um dos milionários, quem recebeu auxílio emergencial. O candidato do DEM é pecuarista e possui patrimônio de pouco mais de R$ 2,1 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *