Vale Gás beneficia mais de 426 mil famílias em São Paulo

Cerca de 14% das pessoas aptas a trabalhar estão sem ocupação em São Paulo, de acordo com a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse é o caso da auxiliar de limpeza Hélia Maria, que mora na Zona Leste de São Paulo e está desempregada. Hélia tenta ser uma das beneficiárias da ampliação do programa Vale Gás, que fornece uma ajuda de R$ 300, pago em três parcelas de R$ 100 a cada dois meses.

Personagem, Helia Maria: “Esse vale gás seria uma ajuda muito grande porque eu pago aluguel, água e luz. Estou desempregada. No momento só meu marido está trabalhando então ele está sustentando tudo e temos uma filha para criar. Aqui onde moro o gás está R$100 e tem lugar que está R$120, por isso que três meses é pouco, mas já é uma ajuda para quem está desempregado e não tem como.”

Segundo a secretária de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, Célia Parnes, desde o começo da pandemia da Covid-19, com a execução de programas assistenciais para ajudar as famílias mais carentes e vulneráveis, percebeu-se que o problema não estava apenas na aquisição de alimentos. Era necessário, também, fornecer uma forma segura para o preparo da comida, já que muitos passaram a usar outros métodos na cozinha, como lenha.

Secretária de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, Célia Parnes> “Pelo aumento do gás e pela dificuldade orçamentária que a pandemia acabou imprimindo nessas famílias, muitas vezes, pela dificuldade, [elas] acabavam usando métodos alternativos e muito perigosos. Dessa forma, às vezes eram causados incêndios, doenças respiratórias. Então, o gás é essencial para a vida dessas famílias mais vulneráveis do estado de São Paulo.”

Para ter mais informações sobre o programa, o cidadão pode ligar gratuitamente para a Central de Atendimento Bolsa do Povo: 0800 7979 800. O programa também disponibiliza o assistente virtual do Bolsa do Povo via Whatsapp, pelo número (11) 98714-2645, para orientações aos usuários.

Cerca de 14% das pessoas aptas a trabalhar estão sem ocupação em São Paulo, de acordo com a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A crise de desemprego é uma das consequências da pandemia da Covid-19, que desestabilizou todo mercado de trabalho pelo País.

Por isso, cada governante precisou reorganizar as contas e investir em programas sociais para ajudar a população mais vulnerável. E um dos exemplos é a ampliação do Vale Gás em São Paulo, que passou a beneficiar 426,9 mil famílias em todo o Estado, o que corresponde a mais de 2 milhões de pessoas.

Para ter mais informações sobre o programa, o cidadão pode ligar gratuitamente para a Central de Atendimento Bolsa do Povo: 0800 7979 800. O programa também disponibiliza o assistente virtual do Bolsa do Povo via Whatsapp, pelo número (11) 98714-2645, para orientações aos usuários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *